O verdadeiro AMOR não se resume ao físico, nem ao romântico… O verdadeiro AMOR é a aceitação de tudo que o outro é… De tudo que foi um dia… Do que será amanhã… e do que já não é mais!