Patrícia

&

Marcelo

"Dois amantes felizes não têm fim nem morte, nascem e morrem tanta vez enquanto vivem, são eternos como é a natureza" NERUDA, Plabo